Search

Aterramento sanitário: Vantagens e desvantagens

Através do aterramento sanitário, é possível dar um destino adequado para os resíduos não recicláveis produzidos pela ação humana.

A ideia de realizar o aterramento sanitário de resíduos sólidos foi gerada com a intenção de minimizar o impacto da ação humana no meio ambiente. Funcionando como um depósito de materiais não recicláveis, um aterro tem grande valor como construção ecologicamente correta.

Conhecer como opera um aterramento sanitário é algo muito importante para aqueles que realmente se importam com o meio ambiente. Por esse motivo, este post irá lhe apresentar como funcionam os aterros sanitários e os motivos que fazem eles serem tão importantes.

Aterro sanitário como funciona

Conforme foi destacado, a técnica de aterramento sanitário, consiste na criação de espécies de depósitos de lixo não reciclável. Um aterro sanitário é uma obra de engenharia que deve ser planejada e executada com muito cuidado, já que existem muitos riscos inerentes ao manuseio de certos resíduos.

aterro-sanitario

Foto: CGC Concessões

De todo modo, um aterro sanitário funciona com uma base feita para drenar o chorume. Essa base fica sobre uma camada impermeável que evita a contaminação do solo. Isto é, um aterro é como uma caixa na qual o lixo é depositado e, devido a vários sistemas, o processo de decomposição é convertido em Biogás.

Aterro sanitário vantagens e desvantagens

Como se trata de uma obra de grandes proporções e alto nível de complexidade, um aterro sanitário tem o seu conjunto de vantagens e desvantagens. Confira:

  • Vantagens:
    • Reduz o impacto ambiental de materiais não recicláveis;
    • Diminui a liberação de gases poluentes na atmosfera;
    • Pode gerar energia renovável (Biogás);
  • Desvantagens:
    • As obras exigem muitos recursos e grandes extensões de terra;
    • Se houver vazamentos, o impacto no ambiente pode ser pesado;
    • Atrai animais como ratos e moscas, o que pode facilitar a proliferação de doenças nos arredores.

Aterro controlado

Além do aterro sanitário, a técnica de aterramento sanitário também é utilizada nos chamados aterros controlados. Essas construções são um nível intermediário entre o aterro sanitário e o lixão. Isto é, apesar de operar como depósito de lixo, um aterro controlado não é tão preparado quanto um aterro sanitário.

Ainda assim, o aterro controlado é uma alternativa melhor do que os chamados lixões. Ele possui a estrutura de um depósito, mas não tem os sistemas de captação de gases e a proteção para evitar o vazamento de líquidos.

Construção de aterro sanitário

Para colher os benefícios do aterramento sanitário, as construções devem seguir uma estrutura padrão. Nessa estrutura, tem-se a criação de uma base feita de polietileno de alta densidade. Esse material é o responsável por evitar vazamentos.

aterro sanitário

Foto: A Notícia

Acima dessa camada há um reservatório para o chorume. Acima dessas bases, são colocadas camadas de lixo. Por fim, tudo é aterrado, deixando o lixo coberto e mantendo apenas os sistemas de coleta de gases no topo.

Para que serve o aterro sanitário

Em linhas gerais, um aterro sanitário serve para evitar o descarte inadequado de materiais não recicláveis que podem prejudicar o meio ambiente. Mantendo esses resíduos em um local separado, é possível minimizar os impactos no meio ambiente. Leia também sobre reciclagem do lixo eletrônico no Brasil como funciona.

Para poder cumprir com a sua função, um aterro sanitário deve ser mito bem monitorado e os serviços de coleta devem agir de forma eficiente. Além do mais, o apoio da população, na separação do lixo, também é essencial.

Como funciona um aterro sanitário e qual a sua importância para a saúde pública nas cidades

Para encerrar, agora que você já sabe como funciona um aterro sanitário, já deve ter percebido o valor dessas construções. Retirando lixo dos centros urbanos, a saúde pública é favorecida, já que o risco de proliferação de doenças diminui e o meio ambiente fica mais bem protegido.

Portanto, através da técnica de aterramento sanitário, é possível dar um destino adequado para os resíduos não recicláveis produzidos pela ação humana. Apesar de os aterros serem construções caras e complexas, vale a pena investir nesse tipo de obra. Afinal, com tudo funcionando corretamente, o meio ambiente e a saúde humana poderão colher os benefícios de um aterramento sanitário.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*