Como denunciar crimes contra o meio ambiente

Apesar do considerável aumento da preocupação com o meio ambiente, muitas pessoas e empresas continuam desrespeitando a legislação e cometendo crimes ambientais.

Nestes casos, a atuação da população é fundamental para a solução do problema, identificação do culpado e para a devida punição. A denuncia de crimes ambientais pode ser feita de maneira muito fácil por meio do site do Ibama. Veja a seguir como:

Foto: Divulgação





Foto: Divulgação

Como fazer a denúncia?

O informante do crime ambiental deve acessar o site do Ibama – www.ibama.gov.br –, entrar no link “serviços” e em seguida no link “como denunciar”. De acordo com as orientações do órgão, é importante que se tenha o maior número de dados possível sobre o crime, e que eles sejam precisos.  Quando os dados não são suficientes ou imprecisos, muitas vezes a denúncia não pode ser investigada ou seu atendimento é retardado. A localização do crime é fundamental para que o local possa ser encontrado com rapidez e facilidade – é possível ainda citar ponto de referência, nome e apelido do infrator, etc, seja área rural ou urbana.

O crime ambiental também precisa ser informado com clareza: cativeiro de animais, desmatamento, poluição, caça, acidente com produtos químicos, degradação de área, maus tratos de animais, queimada, contra servidores, irregularidades administrativas, pesca predatória, dentre outros.

É preciso se identificar?

Sim, é necessário que o informante preencha uma ficha com alguns dados pessoais obrigatórios, mas todos eles serão mantidos em total sigilo para a preservação de sua integridade física, de acordo com direito individual do cidadão.

Dúvidas e denúncia via telefone

Em caso de dúvidas sobre a informação dos dados, o telefone 0800-618080 da Central de Atendimento – Linha Verde está disponível para esclarecimentos e também para registro da denúncia.

Prazo para manifestação

Após a denúncia, a unidade responsável do Ibama terá no máximo trinta dias para se manifestar.







Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*